sicnot

Perfil

Mundo

Emigrante português assassinado em Angola

Um emigrante português foi assassinado este sábado em Angola, durante um assalto a uma bomba de gasolina.

Durante o assalto, morreu também o segurança da bomba. A polícia angolana já conseguiu deter os suspeitos do assalto, o que acabou por provocar um ataque da população local à esquadra onde os alegados assaltantes estão detidos. (Arquivo)

Durante o assalto, morreu também o segurança da bomba. A polícia angolana já conseguiu deter os suspeitos do assalto, o que acabou por provocar um ataque da população local à esquadra onde os alegados assaltantes estão detidos. (Arquivo)

SAUL LOEB / AP

O ataque ocorreu durante a madrugada. A vítima tinha 50 anos e era natural de Santiago do Cacém. 

O homem tinha emigrado para a província do Bengo, em Angola, onde era gerente do posto de abastecimento. 

Durante o assalto, morreu também o segurança da bomba. A polícia angolana já conseguiu deter os suspeitos do assalto, o que acabou por provocar um ataque da população local à esquadra onde os alegados assaltantes estão detidos.
  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".