sicnot

Perfil

Mundo

Disparos de aluno em Barcelona matam professor e ferem várias pessoas

Um professor morreu e pelo menos quatro pessoas ficaram feridas, esta manhã, num instituto de Barcelona, em Espanha. De acordo com o jornal El País, um aluno terá disparado contra uma docente e agredido a sua filha. Nesse momento, um professor de uma aula ao lado terá acorrido à sala e foi atingido mortalmente pelo suspeito.

TONI GARRIGA/ EPA

TONI GARRIGA/ EPA

TONI GARRIGA/ EPA

O incidente ocorreu às 9:20 locais (10:20 em Lisboa) no  Instituto Joan Fuster, próximo da Avenida Meridina, no bairro de La Sagrera. 


O aluno, de 13 anos, foi identificado e retido nas instalações pelas autoridades.  Os serviços de emergência médica enviaram várias equipas para o centro escolar, junto ao qual se concentraram também de imediato dezenas de pessoas, a maioria estudantes.     


Segundo o relato de alguns alunos, o jovem atirador chegou à aula de castelhano com cerca de uma hora de atraso e foi repreendido pela professora.  O aluno disparou primeiro sobre a docente e terá depois agredido a sua filha, também colega de turma. Ao ouvir os gritos o professor que dava aula numa sala ao lado dirigiu-se ao local e foi atingido mortalmente no abdómen.


Os testemunhos dos colegas de turma do agressor estão a ser ouvidos pelas autoridades. De acordo com estes depoimentos, o jovem tinha repetido várias vezes na semana passada que ia matar todos os professores e que depois se iria suicidar. Ao que parece, o jovem tinha mesmo uma lista de 25 docentes que tinha mostrado aos seus colegas que, contudo, não lhe deram importância.



(Em atualização)
  • Europol deteve grupo que vendia euros falsos na Darkweb

    Mundo

    A Europol anunciou hoje a detenção de oito pessoas suspeitas de pertencerem a um grupo criminoso considerado como um dos maiores fornecedores de euros falsos vendidos online, no âmbito de uma operação realizada pelas autoridades italianas.