sicnot

Perfil

Mundo

Exército da África do Sul vai ser destacado para manter a ordem em Alexandra

Exército da África do Sul vai ser destacado para manter a ordem em Alexandra

Na África do Sul, o exército vai ser destacado para manter a ordem em Alexandra, o principal foco dos ataques contra imigrantes. A ordem poderá ser alargada a outros subúrbios onde os estrangeiros têm sido atacados e acusados de roubar empregos aos sul-africanos.

  • Rei zulu diz que nunca incitou à violência contra imigrantes
    0:18

    Mundo

    O rei zulu apelou ao fim da violência contra estrangeiros na África do Sul. Goodwill Zwelithini garante que foi mal interpretado quando acusou os imigrantes de serem responsáveis pelo aumento da criminalidade no país. Os ataques xenófobos já fizeram pelo menos sete mortos e milhares de deslocados.

  • Governo da África do Sul garante todos os esforços para travar violência
    1:38

    Mundo

    Mais de 300 pessoas foram detidas na África do Sul por suspeitas de ligação à onda de violência xenófoba que levou milhares de emigrantes a fugir. O Governo sul-africano garante que está a fazer tudo para travar os ataques. O Presidente Jacob Zuma cancelou uma visita de Estado à Indonésia para acompanhar a situação.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.