sicnot

Perfil

Mundo

Família revela que jovem norte-americana se juntou ao grupo estado islâmico

Uma jovem norte-americana, de 20 anos, oriunda de Hoover (Alabama), viajou para a Síria para se juntar ao grupo radical autoproclamado estado islâmico, informou, esta segunda-feira, um porta-voz da sua família.

O anúncio foi feito por Hassan Shibly, porta-voz e advogado da família, em conferência de imprensa na mesquita de Birmingham, no Alabama.

O anúncio foi feito por Hassan Shibly, porta-voz e advogado da família, em conferência de imprensa na mesquita de Birmingham, no Alabama.

Brynn Anderson

Identificada como Hoda, a jovem contactou com os extremistas através da Internet e, em novembro último, viajou para a Turquia, a partir donde cruzou a fronteira para a Síria, explicou o porta-voz e advogado da família, Hassan Shibly, em conferência de imprensa na mesquita de Birmingham (Alabama).

Para os pais da jovem o facto de "a filha estar com esse grupo de extremistas violentos é pior que vê-la morta", disse Hassan Shibly, indicando que o marido, que é muçulmano, está "muito traumatizado" e que "nada pode descrever o que está a viver".

"A família de Hoda espera que partilhando como perdeu a sua filha para um grupo de extremistas possa ajudar outras famílias a evitar uma tragédia idêntica", sublinhou o advogado, que trabalha para o Conselho de Relações Islâmico-norte-americanas.

Esta segunda-feira, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos revelou que, na véspera, foram detidos, nos estados do Minesota e Califórnia, seis homens -- com idades de entre 19 e 21 anos -- que tentavam viajar para a Síria para se juntar aos extremistas.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.