sicnot

Perfil

Mundo

Sobreviventes do naufrágio no Mediterrâneo confessam ter sido alvo de tortura

Sobreviventes do naufrágio no Mediterrâneo confessam ter sido alvo de tortura

Os sobreviventes do naufrágio de domingo no Mediterrâneo confessam ter sido alvo de tortura e dizem que os traficantes espancaram, até à morte, algumas pessoas ainda antes da viagem. O inquérito em curso revela novos dados sobre os abusos vividos pelos imigrantes. Com base nos relatos, os procuradores dizem que seguiam mais de 750 pessoas a bordo do pesqueiro.

  • Líderes europeus cumpriram minuto de silêncio pelas vítimas de naufrágios no Mediterrâneo
    0:46

    Mundo

    A cimeira extraordinária da União Europeia sobre imigração ilegal começou com um minuto de silêncio, pelas vítimas dos naufrágios no Mediterrâneo. O jornal britânico The Guardian teve acesso a um rascunho do documento, que deverá ser aprovado pelos líderes europeus. A União Europeia está disponível para oferecer cinco mil lugares de reinstalação para refugiados. Só este ano, já chegaram 36 mil pessoas por barco a Itália, Grécia e Malta. O documento assume também como prioridade um alargamento das operações de busca e salvamento no Mediterrâneo, o reforço dos sistemas de patrulhamento e o combate ao tráfico de pessoas.

  • ONU estima que fluxo migratório pelo mar triplique este ano
    2:29

    Mundo

    A ONU e várias organizações humanitárias estimam que o número de imigrantes que atravessam o Mediterrâneo venha a disparar este ano. Se em 2014 foram 170 mil a fazer a travessia, em 2015 o fluxo poderá triplicar. Sem medidas adequadas, tragédias como a do último fim de semana podem voltar a repetir-se.

  • As zonas de guerra que o fogo deixou
    3:13

    País

    A chuva finalmente ajudou na luta contra as chamas e o que fica agora é um cenário de devastação no norte e centro do país. Morreram 37 pessoas, arderam centenas de casas e empresas e há críticas severas à falta de meios.

  • Visto do céu, Portugal é um país que se vestiu de negro
    3:28
  • Portugueses usam Facebook para marcar protestos contra incêndios

    País

    Os incêndios que têm acontecido este ano estão a causar revolta entre a população. Por essa razão, estão marcadas, através da rede social Facebook, várias manifestações para os próximos dias um pouco por todo o país. Os portugueses exigem a melhoria do sistema, para que as tragédias deste ano não se voltem a repetir.

  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06
  • "Quem está no Governo tem sérias responsabilidades"
    1:07

    Opinião

    Pacheco Pereira aponta falhas do Estado, dos bombeiros e da Proteção Civil como causa dos incêndios que assolaram o país no passado domingo. O comentador da SIC considera que o Governo tem responsabilidade perante o que aconteceu.

  • Presidente das Indústrias de Madeira diz que fogos estão a afetar o setor
    0:39

    País

    A Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário desvaloriza que os industriais do setor possam comprar madeira mais barata, em resultado dos incêndios florestais. Em entrevista na SIC Notícias, o presidente da associação, Vítor Poças, considera que os fogos estão a prejudicar gravemente a indústria.