sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 14 imigrantes morreram colhidos por comboio na Macedónia

Pelo menos 14 imigrantes morreram e dez ficaram feridos ao serem atingidos por um comboio, na noite de quinta-feira, perto da cidade de Veles, no centro da Macedónia, informou hoje a polícia.

© Marko Djurica / Reuters

O acidente aconteceu por volta das 20:30 TMG (21:30 em Lisboa), quando um grupo de 50 imigrantes ilegais caminhava pelos carris e o comboio apareceu por trás e acabou por os colher.

O grupo caminhava pelos carris devido à falta de espaço, pois o local do acidente é um espaço muito estreito entre montanhas.

Segundo a polícia, a metade do grupo conseguiu colocar-se a salvo.

O comboio de passageiros fazia a rota regular internacional entre Salónica, na Grécia, e Belgrado, na Sérvia.

Segundo as primeiras informações, o grupo era oriundo maioritariamente da Somália e do Afeganistão.

Nos últimos meses, dez imigrantes ilegais morreram na Macedónia aos serem atropelados por comboios, em vários acidentes com caraterísticas similares. 

No último ano, o número de imigrantes que cruzam o território macedónio, a partir da Grécia, aumentou sensivelmente, na sua maioria refugiados sírios, afegãos ou somalis.

Em geral, utilizam as linhas férreas para chegar até à Sérvia, onde continuam a caminhada para os países ocidentais da União Europeia.


Lusa


  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis - avaliação interna ao FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela 'troika' em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • 64, 65 ou 73, afinal quantas são as vítimas de Pedrógão?
    1:27
  • A Minha Outra Pátria
    29:53