sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 14 imigrantes morreram colhidos por comboio na Macedónia

Pelo menos 14 imigrantes morreram e dez ficaram feridos ao serem atingidos por um comboio, na noite de quinta-feira, perto da cidade de Veles, no centro da Macedónia, informou hoje a polícia.

© Marko Djurica / Reuters

O acidente aconteceu por volta das 20:30 TMG (21:30 em Lisboa), quando um grupo de 50 imigrantes ilegais caminhava pelos carris e o comboio apareceu por trás e acabou por os colher.

O grupo caminhava pelos carris devido à falta de espaço, pois o local do acidente é um espaço muito estreito entre montanhas.

Segundo a polícia, a metade do grupo conseguiu colocar-se a salvo.

O comboio de passageiros fazia a rota regular internacional entre Salónica, na Grécia, e Belgrado, na Sérvia.

Segundo as primeiras informações, o grupo era oriundo maioritariamente da Somália e do Afeganistão.

Nos últimos meses, dez imigrantes ilegais morreram na Macedónia aos serem atropelados por comboios, em vários acidentes com caraterísticas similares. 

No último ano, o número de imigrantes que cruzam o território macedónio, a partir da Grécia, aumentou sensivelmente, na sua maioria refugiados sírios, afegãos ou somalis.

Em geral, utilizam as linhas férreas para chegar até à Sérvia, onde continuam a caminhada para os países ocidentais da União Europeia.


Lusa


  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Donald Trump culpa imigrantes por ataque que nunca existiu
    1:01
  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.