sicnot

Perfil

Mundo

Prisão perpétua para capitão do ferry sul-coreano naufragado

O capitão do ferry Sewol, cujo naufrágio há um ano causou 304 mortos, foi condenado hoje a prisão perpétua na sessão do julgamento de recurso, em que os magistrados reviram a anterior sentença de 36 anos de prisão.

Lee Joon-seok, capitão do ferry Sewol

Lee Joon-seok, capitão do ferry Sewol

Na sua decisão, o Alto Tribunal de Gwangju declarou Lee Joon-seok culpado de homicídio, por não cumprir deliberadamente as suas responsabilidades como capitão durante o naufrágio.

A sentença destaca que o capitão se mostrou passivo durante os momentos cruciais, já que não deu ordem de evacuação da embarcação quando o devia ter feito, e não efetuou também esforços para resgatar os passageiros. 



Lusa
  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29