sicnot

Perfil

Mundo

ONU alerta que escassez de combustível no Iémen põe em risco ação humanitária

O Conselho de Segurança das Nações Unidas esteve hoje em consultas à porta-fechada sobre a crise no Iémen, onde a escassez de combustível põe em risco operações de socorro em curso.

© Mohamed Al-Sayaghi / Reuters

A Rússia solicitou a reunião para pressionar no sentido de pôr fim aos combates ou, pelo menos, permitir pausas humanitárias, para dar aos civis algum alívio.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, advertiu na quinta-feira que a escassez de combustível leva a que as operações de socorro possam enfrentar uma paralisação "dentro de dias" e acrescentou que as entregas devem ser retomadas de imediato.

Por seu lado, o embaixador russo, Vitaly Churkin, revelou que o seu governo está "muito preocupado" com a crise no Iémen e acusou a Arábia Saudita de mostrar pouco interesse em retomar as negociações de paz.

"Nós apoiamos as negociações, mas não vemos interesse por parte daqueles que estão empenhados nos bombardeamentos", acrescentou.

Os esforços da ONU para retomar as negociações de paz no Iémen têm-se deparado com obstáculos devido a discordâncias sobre o local que vai acolher as conversações, com os países do Golfo a insistirem para que estas se realizem em Riade, enquanto alguns membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas propõem a Europa.

A coligação liderada pela Arábia Saudita lançou uma guerra aérea no Iémen a 26 de março, para travar uma ofensiva de rebeldes xiitas Huthi e para restaurar a autoridade do Presidente Abedrabbo Mansour Hadi, forçado ao exílio.

Os ataques aéreos afetaram as entregas de combustíveis, alimentos e medicamentos, num momento em que todos os aeroportos estão fechados ao tráfego civil e as remessas navais estão atrasadas.

Ban Ki-moon pediu um cessar-fogo imediato e disse que deve haver pausas humanitárias nas áreas afetadas pelo conflito.

Lusa
  • As confissões de Sérgio Conceição: do futuro no FC Porto à zanga com Rui Vitória 
    43:14
  • Marcelo descobre que vê mal "ao longe à esquerda"
    2:05

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa recebeu uma declaração dos médicos contra a despenalização da eutanásia. A audiência ao atual bastonário e cinco antecessores acontece a uma semana do tema ir a debate no Parlamento, e no dia em que o Presidente da República foi a estrela do Dia da Segurança Infantil. Marcelo aproveitou para fazer um rastreio à visão e concluiu que tem que estar "atento", à esquerda, ao longe".

  • PS "vai ficar em banho-maria durante anos" por causa de Sócrates
    0:59

    País

    Miguel Sousa Tavares considera que o PS vai ficar em "banho-maria" durante anos por causa de José Sócrates. Em entrevista na SIC Notícias, o comentador criticou os dirigentes socialistas pela forma como se tentaram demarcar do ex-primeiro-ministro e disse que António Costa devia ter tomado uma atitude mais concreta.

  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC