sicnot

Perfil

Mundo

Britânicos preferem Charlotte ou Alice como nome para a nova princesa

Charlotte tornou-se hoje o nome favorito para a bebé real nas casas de apostas de Londres, ultrapassando Alice, que era favorito há longa data, enquanto os londrinos esperam ansiosamente pelo anúncio do nome escolhido para a nova princesa. 

© POOL New / Reuters

No primeiro dia em casa da princesa recém-nascida, os apostadores correram às casas de apostas para especular sobre toda uma série de nomes possíveis para a menina.

"Tem sido de loucos", disse Jessica Bridge, porta-voz da casa de apostas "Ladbrokes bookmakers".

O nome da princesa ainda não foi revelado, porque primeiro deve ser comunicado à rainha Isabel II, que no sábado recebeu a notícia da chegada ao mundo da bisneta durante uma cerimónia no norte da Inglaterra.

"Se fosse um menino, acho que teria sido uma excitação, mas nem de longe a histeria que há agora, por ser uma menina", disse à agência noticiosa francesa AFP.

A bebé será formalmente conhecida como Sua Alteza Real Princesa (...) de Cambridge e todas as apostas são consideradas para preencher estas reticências.

Charlotte estava hoje a ser negociado na "bookmakers" com a probabilidade de cerca de 3/1.

Isso significa que há uma em cada quatro (25%) hipóteses dessa eventualidade e os apostadores teriam que apostar uma libra (1,35 euros) para ganhar três libras (4,05 euros).

Charlotte é seguida por Alice com probabilidade de 4/1, por Victoria em 5/1, por Olivia em 6/1 e Elizabeth em 7/1.

Diana, o nome da mãe de William, tinha as próximas probabilidades mais baixas, em 10/1, seguido de Alexandra em 14/1, de Mary em 20/1 e Grace, Abigail e Maria nos 33/1.

Responsáveis pelo turismo londrino disseram que era esperado que o nascimento da princesa fizesse também aumentar o número de visitantes em Londres.

"Temas com ligação à realeza são fatores-chave que atraem pessoas do Reino Unido e do estrangeiro à capital", disse o chefe do turismo londrino, Gordon Innes.

O príncipe William e mulher receberam hoje no Palácio de Kensington, apartamento do casal no centro de Londres, os familiares mais próximos para conhecerem o novo membro da família real.

A mãe de Kate Middleton, Carole, e sua irmã Pippa foram as primeiras a chegar, seguidas pelo pai de William, o príncipe Carlos, e a mulher Camilla.

Kate entrou no hospital no sábado às 06:00 (hora de Lisboa) e saiu com a criança nos braços apenas 12 horas depois, apresentando-a à imprensa antes de regressar ao palácio.

A filha mais nova de William, de 32 anos, e de Kate, de 33, é a quarta na linha sucessória, depois de seu irmão - o príncipe George de Cambridge, que a 22 de julho completará dois anos -, de seu pai e do seu avô, o príncipe Carlos.

Lusa
  • Duques de Cambridge mostram a bebé
    3:32

    Mundo

    Menos de 10 horas depois do nascimento, os Duques de Cambridge mostraram o bebé real ao Mundo. Os pais surgiram descontraídos à porta do hospital. Voltaram para trás para colocar a princesa numa alcofa e pouco depois partiram para casa, onde a menina vai passar a primeira noite.

  • Nasceu a filha de Kate e William
    2:40

    Mundo

    Kate Middleton já foi mãe. A duquesa de Cambridge deu entrada no hospital Saint Mary, em Londres, às 6 da manhã. Cinco horas depois foi anunciado o nascimento de uma menina.

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.