sicnot

Perfil

Mundo

Projeções dão vantagem aos Conservadores no Reino Unido

Os Conservadores, liderados pelo primeiro-ministro David Cameron, deverão ser o partido mais votado nas eleições legislativas desta quinta-feira no Reino Unido, segundo as projeções avançadas pelas estações de televisão BBC e Sky News.

A projeção das duas estações de televisão britânicas permite antecipar a reedição da coligação de governo, com os parceiros Liberais Democratas, de Nick Clegg, que deverá eleger 10 deputados, a garantir os lugares que faltam para uma maioria na Câmara dos Comuns.

A projeção das duas estações de televisão britânicas permite antecipar a reedição da coligação de governo, com os parceiros Liberais Democratas, de Nick Clegg, que deverá eleger 10 deputados, a garantir os lugares que faltam para uma maioria na Câmara dos Comuns.

© Kevin Coombs / Reuters

A sondagem, divulgada pelas estações de televisão BBC e Sky News, atribui 316 lugares aos Conservadores e 239 aos Trabalhistas, enquanto em terceiro lugar vem o Partido Nacionalista Escocês (SNP), com 58 eleitos. 

Os Liberais Democratas elegem 10 deputados e o eurocético Partido para a Independência do Reino Unido (UKIP), liderado por Nigel Farage, obtém dois lugares.  

A confirmarem-se estes resultados, os "Tories" (conservadores) ficam a apenas 10 lugares da maioria absoluta, permitindo ao primeiro-ministro David Cameron exercer um segundo mandato no número 10 de Downing Street, residência oficial do chefe de governo.

A projeção das duas estações de televisão britânicas permite antecipar a reedição da coligação de governo, com os parceiros Liberais Democratas, de Nick Clegg, que deverá eleger 10 deputados, a garantir os lugares que faltam para uma maioria na Câmara dos Comuns.

A sondagem mostra o SNP a protagonizar uma "vitória histórica", passando dos anteriores seis lugares para 58.

O eurocético UKIP, que baseou a sua campanha eleitoral em duas premissas: saída da União Europeia e contra a imigração, elege apenas dois deputados.
 
Mais de 45 milhões de britânicos estavam inscritos para escolher uma nova Câmara dos Comuns, com a generalidade das sondagens mais recentes aponta para um empate ou um número muito próximo de deputados entre os dois principais partidos: o Conservador e o Trabalhista.

As urnas abriram às 7:00 e encerraram às 22:00 (mesma hora em Lisboa) em 650 circunscrições eleitorais, com cada uma a eleger um deputado.
  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.