sicnot

Perfil

Mundo

Indonésia desmantela rede de prostituição com artistas famosas

A polícia da Indonésia está a investigar uma rede de prostituição ilegal que desmantelou esta semana e que oferecia, através da Internet, serviços com artistas de cinema e da televisão famosas.

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

© Sigit Pamungkas / Reuters

O presumível 'cérebro' da operação, um indonésio identificado como Obbie, foi detido na sexta-feira em Jacarta, de acordo com fontes policiais citadas pelo jornal Republika.

À frente do negócio estava uma mulher - também indonésia -, à qual foi apreendida uma agenda com nomes de 200 artistas.

As operações desenrolavam-se sobretudo em hotéis de luxo da capital, com os clientes a serem contactados através de aplicações de Internet para telemóveis.

A polícia também deteve uma protagonista de telenovelas na passada sexta-feira num hotel que acabara de cobrar a um cliente 7.700 dólares (6.872 euros) por três horas na sua companhia.

A lei indonésia não reconhece a prostituição, tipificando apenas os "delitos contra a decência e a moralidade", pelo que a sanção a aplicar depende do critério das autoridades e a prática encontra-se muito estendida pelo arquipélago.



Lusa
  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.