sicnot

Perfil

Mundo

Ministro da Coreia do Norte executado por deslealdade ao líder Kim Jong-un

De acordo com os serviços secretos da Coreia do Sul, Hyon Yong-Chol foi morto a 30 de abril por fogo antiaéreo. Centenas de funcionários terão assistido à execução. 

Hyon Yong-Chol foi morto a 30 de abril por fogo antiaéreo. Centenas de funcionários terão assistido à execução.

Hyon Yong-Chol foi morto a 30 de abril por fogo antiaéreo. Centenas de funcionários terão assistido à execução.

Jon Chol Jin

Hyon Yong-Chol tinha sido nomeado para o cargo de ministro das Forças Armadas há menos de um ano. 

A agência de notícias sul-coreana relata que terá sido apanhado a dormir em eventos militares formais e terá desrespeitado Kim Jong-un em várias ocasiões. 

A execução com baterias antiaéreas é um método destinado a altos funcionários.
  • Líder norte-coreano visita monte Parktu onde o pai terá nascido

    Mundo

    A televisão estatal da Coreia do Norte divulgou imagens da visita do líder norte-coreano a um vulcão inativo. Kim Jong Un terá visitado o monte Paektu no passado dia 18, acompanhado por vários membros do Governo. Na montanha que faz fronteira com a China, o líder norte-coreano deixou-se fotografar com alguns militares. Para os norte-coreanos o monte Paektu é visto como um local de culto, já que é assumido como o local de nascimento do antigo líder Kim Jong Il, cujo nome está inscrito na montanha. Recordo que Kim Jong Un assumiu o poder em 2011 depois da morte do pai.

  • Desespero e euforia marcaram o 8.º dia de Mundial
    0:50
  • Comprava uma bola de futebol com 9 mil cristais Swarovski?
    2:51
  • Lisboa vence prémio Capital Europeia Verde de 2020

    País

    A cidade de Lisboa venceu o prémio de Capital Europeia Verde de 2020, anunciou o comissário da União Europeia para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, numa cerimónia que decorreu em Nijmegen, na Holanda.

  • Trump culpa democratas pela separação de pais e filhos
    0:22