sicnot

Perfil

Mundo

Países bálticos vão pedir milhares de tropas à NATO devido à tensão com a Rússia

Os países bálticos vão pedir formalmente à NATO o destacamento de milhares de tropas para uma missão de dissuasão, dada "a situação de segurança na região", anunciou hoje um porta-voz militar lituano, referindo-se à tensão com a Rússia.

Exercício da NATO na Estónia.

Exercício da NATO na Estónia.

© Ints Kalnins / Reuters

"Pretendemos uma unidade do tamanho de uma brigada para que cada um dos países bálticos tenha um batalhão", disse o porta-voz militar Mindaugas Neimontas à agência France Presse.

O objetivo é dispor de "forças permanentes rotativas" da NATO como "medida de dissuasão dada a situação de segurança na região", marcada por tensões entre os três países bálticos, todos ex-repúblicas soviéticas, e a Rússia desde o início do conflito na Ucrânia.

O pedido formal vai ser enviado em breve pelos chefes das Forças Armadas da Lituânia, Estónia e Letónia ao comandante das forças da NATO na Europa, o general norte-americano Philip Breedlove, precisou.

Em Antalya (Turquia), onde hoje terminou uma reunião informal de ministros dos Negócios Estrangeiros da NATO, o secretário-geral da organização, Jens Stoltenberg, disse à imprensa saber da intenção, mas considerou prematuro fazer qualquer avaliação neste momento.

"Quando recebermos a carta vamos analisá-la cuidadosamente e avaliar as propostas que contiver", disse Stoltenberg, acrescentando que a NATO já tomou medidas para defender a segurança dos países bálticos, como o aumento da presença naval e aérea.

"O nosso objetivo principal neste momento é a implementação das decisões que já tomámos", acrescentou.

Alguns dos aliados europeus têm manifestado reservas quanto a uma presença militar aliada substancial nos bálticos, por considerarem que pode violar o acordo de 1997 entre a Aliança Atlântica e a Rússia.

Segundo fontes da NATO, a organização prefere apostar na força de intervenção rápida aprovada em novembro de 2014, capaz de ser rapidamente destacada para crises que surjam a leste ou a sul, em vez de numa presença permanente no leste europeu.

Estónia, Letónia e Lituânia têm-se queixado de um aumento da atividade militar na região na sequência do conflito na Ucrânia, incluindo voos de aviões militares russos com os emissores desligados, que colocam em risco a aviação civil.


Lusa
  • Sporting de Braga afastado da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting de Braga derrotou esta quinta-feira o Marselha, em Braga, por 1-0, na segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa. Um triunfo insuficiente para o apuramento, depois do desaire da equipa minhota em França (3-0).

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Os 36 golos dos 16 avos da Liga Europa

    Liga Europa

    A jornada europeia ficou marcada, no panorama das equipas portuguesas, pelo apuramento do Sporting e pela eliminação do Sporting de Braga. Os leões passam assim a ser o único clube luso em prova na Liga Europa. Nos oitavos de final, o emblema de Alvalade pode encontrar adversários como o Arsenal, o Atlético de Madrid ou o AC Milan. O sorteio realiza-se esta sexta-feira, ao meio-dia. Aqui, veja ou reveja todos os golos da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa.

  • "O dia a dia na Síria também é lutar por um pão"
    10:13

    Mundo

    Desde domingo que os bombardeamentos do regime sírio a Ghouta já fizeram mais de 400 mortos. Ghouta é o último reduto rebelde nos arredores da capital da síria, onde as forças fiéis a Bashar Al Assad iniciaram no domingo uma intervenção militar de larga escala. Cândida Pinto, editora de Internacional da SIC, e a psicóloga Maria Palha, que já esteve na Síria ao serviço dos Médicos Sem Fronteiras, estiveram na Edição da Noite da SIC Notícias para falar sobre o assunto.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Proposta de um cessar-fogo na Síria sem acordo

    Mundo

    O embaixador da Rússia junto das Nações Unidas afirmou esta quinta-feira que os 15 membros do Conselho de Segurança não alcançaram um acordo para aprovar um cessar-fogo de 30 dias na Síria, proposta negociada há mais de duas semanas.