sicnot

Perfil

Mundo

Ex-presidente do Egito condenado à morte

O Tribunal do Cairo decidiu, esta manhã, condenar à morte o antigo chefe de estado islamita, pelos crimes de evasão e de violência durante a revolta de 2011.

© Amr Dalsh / Reuters

Além de Mohamed Morsi, mais de uma centena de líderes da Irmandade Muçulmana tiveram o mesmo destino.

No entanto, a condenação não é vinculativa. A decisão deste tribunal vai ser agora avaliada pela Autoridade Religiosa do Egito, o Grande Mufti, que vai confirmar ou não a ordem de execução.

Mohamed Morsi foi detido em 2013, depois de ter sido destituído pelo exército.

Há 3 semanas tinha sido condenado a 20 anos de cadeia, acusado de deter e torturar manifestantes durante o mandato como presidente.

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.