sicnot

Perfil

Mundo

Batalha de Palmira provocou perto de 300 mortos em quatro dias

Pelo menos 295 pessoas, a maior parte 'jihadistas' e soldados do regime sírio, morreram desde o início do ataque do movimento Estado Islâmico contra a cidade antiga de Palmira, informou hoje o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).  

© Stringer . / Reuters

O balanço da organização não-governamental baseia-se numa rede de fontes civis, médicas e militares, distribuídas por todo o país.

Entre os mortos da ofensiva, iniciada na quarta-feira, estão 123 soldados e milícias leais ao regime, 115 combatentes do movimento Estado Islâmico e 57 civis, dezenas executados pelo grupo extremista.

O exército sírio conseguiu hoje expulsar os extremistas do interior de Palmira, embora os combates continuem nos arredores onde o movimento Estado Islâmico domina várias localidades e uma exploração de gás.

O OSDH refere que, entre os civis, oito morreram em bombardeamentos em Palmira e na povoação de Al Sujna e 49 foram assassinados pelo Estado Islâmico.

A cidade de Palmira tem uma importância estratégica pois serve de ligação entre a província síria de Deir al Zur, um dos bastiões do Estado Islâmico, e o Iraque com os arredores de Damasco.

As ruínas de Palmira estão na lista do Património da Humanidade da UNESCO.




Lusa
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29