sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 400 migrantes detidos na Líbia antes de embarcarem

Cerca de 400 migrantes clandestinos foram detidos pelas autoridades líbias antes de embarcarem para atravessarem o Mediterrâneo e alcançarem a Europa, anunciou hoje o organismo líbio encarregado da luta contra a imigração ilegal.

© Hani Amara / Reuters

Os migrantes, na maioria originários da Somália e da Etiópia, foram detidos hoje de madrugada quando se preparavam para embarcar em Tajoura, uma pequena cidade a leste de Tripoli, disse à agência France Presse Mohamed Abdel Sala mal-Qoeiri, porta-voz do organismo dependente das autoridades de Tripoli, não reconhecidas pela comunidade internaciona.

Várias grávidas integravam o grupo, segundo Qoeiri.

Um repórter fotográfico da AFP viu dezenas de migrantes chegarem em viaturas a um centro de retenção de Tripoli.

A sua detenção coincidiu com o lançamento pelas autoridades de Tripoli de um plano de luta contra a imigração clandestina e os traficantes, declarou um alto responsável da segurança líbio.

As partidas clandestinas têm aumentado nos 1.770 quilómetros da costa da Líbia desde que após a queda do regime de Muammar Kadhafi em 2011 o país mergulhou no caos, minado pela luta pelo poder entre dois governos e dois parlamentos.

As costas líbias situam-se a pouco mais de 300 quilómetros da ilha italiana de Lampedusa, que centenas de migrantes vindos de África, da Síria ou de outras zonas de conflito tentam alcançar a cada semana.

Segundo dados da Organização Internacional para as Migrações, desde o início do ano e até 07 de maio tinham chegado a Itália mais de 34.500 migrantes e 1.770 tinham morrido ou desaparecido no mar. Em todo o ano de 2014 foram registados 3.300 mortos.





Lusa
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

    Em atualização

  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29