sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para 61 número de mortos por deslizamento de terras na Colômbia

O número de mortos devido ao deslizamento de terras na Colômbia subiu para 61, naquela que já é considerada uma das piores tragédias naturais dos últimos anos no país.

© STRINGER Colombia / Reuters

As vítimas viviam no município de Salgar, Departamento de Antioquia, atingido por uma avalanche na segunda-feira, enquanto os habitantes dormiam.

Salgar, um município de agricultores com 18.000 habitantes, despertou na segunda-feira num cenário de desastre, depois de toneladas de lodo terem arrastado casas com as pessoas lá dentro, e levado consigo árvores, veículos e destruído campos de cultivo.

As fortes chuvas que assolaram a região fizeram transbordar o rio no vale de Liboriana, local de difícil acesso e agora coberto de lama e detritos, e onde se encontra a aldeia de Las Margaritas, de onde provem a maioria das vítimas.

A presidente da Câmara de Salgar, Olga Osorio, disse à Radio RCN que a aldeia foi praticamente "apagada do mapa".

De acordo com a Unidade Nacional para a Gestão de Risco de Desastres "registam-se 61 mortos. Os corpos estão a ser transportados para a Medicina Legal em Medellín, onde será realizado o processo de identificação". 

Além dos 61 mortos, contabilizam-se 37 feridos, um número indeterminado de desaparecidos e 31 casas afetadas.

O Presidente da Colômbia já declarou o estado de "calamidade pública" em Salgar, depois de se reunir com as autoridades locais e regionais.

"A primeira coisa que se fez foi declarar (o estado de) calamidade pública, para se poder ter a flexibilidade de usar os recursos onde são mais necessários", afirmou Santos.



Lusa

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Portugal perde 22 mil empregos por ano por causa da pirataria
    1:52

    País

    Todos os anos, Portugal perde cerca de mil milhões de euros e mais de 22 mil empregos por causa à pirataria. Hoje assinala-se o dia mundial da propriedade intelectual. Uma área que diz respeito a todas as formas de arte e, entre outras, ao jornalismo.

  • Astronauta francês fotografa Portugal para assinalar o 25 de Abril
    1:53