sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para 61 número de mortos por deslizamento de terras na Colômbia

O número de mortos devido ao deslizamento de terras na Colômbia subiu para 61, naquela que já é considerada uma das piores tragédias naturais dos últimos anos no país.

© STRINGER Colombia / Reuters

As vítimas viviam no município de Salgar, Departamento de Antioquia, atingido por uma avalanche na segunda-feira, enquanto os habitantes dormiam.

Salgar, um município de agricultores com 18.000 habitantes, despertou na segunda-feira num cenário de desastre, depois de toneladas de lodo terem arrastado casas com as pessoas lá dentro, e levado consigo árvores, veículos e destruído campos de cultivo.

As fortes chuvas que assolaram a região fizeram transbordar o rio no vale de Liboriana, local de difícil acesso e agora coberto de lama e detritos, e onde se encontra a aldeia de Las Margaritas, de onde provem a maioria das vítimas.

A presidente da Câmara de Salgar, Olga Osorio, disse à Radio RCN que a aldeia foi praticamente "apagada do mapa".

De acordo com a Unidade Nacional para a Gestão de Risco de Desastres "registam-se 61 mortos. Os corpos estão a ser transportados para a Medicina Legal em Medellín, onde será realizado o processo de identificação". 

Além dos 61 mortos, contabilizam-se 37 feridos, um número indeterminado de desaparecidos e 31 casas afetadas.

O Presidente da Colômbia já declarou o estado de "calamidade pública" em Salgar, depois de se reunir com as autoridades locais e regionais.

"A primeira coisa que se fez foi declarar (o estado de) calamidade pública, para se poder ter a flexibilidade de usar os recursos onde são mais necessários", afirmou Santos.



Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.