sicnot

Perfil

Mundo

Candidato conservador vence segunda volta das Presidenciais na Polónia

O conservador Andrzej Duda foi eleito este domingo Presidente da Polónia com 52% dos votos expressos, segundo uma sondagem, derrotando o chefe de Estado cessante de centro-direita Bronislaw Komorowski (48%), que reconheceu imediatamente a sua derrota. 

O triunfo do jurista de 43 anos (na imagem), que deverá ser confirmado oficialmente na noite de segunda-feira, poderá abrir caminho para o regresso ao poder do seu mentor Jaroslaw Kaczynski, chefe do partido conservador e populista Direita e Justiça (PiS), nas legislativas previstas para o outono.

O triunfo do jurista de 43 anos (na imagem), que deverá ser confirmado oficialmente na noite de segunda-feira, poderá abrir caminho para o regresso ao poder do seu mentor Jaroslaw Kaczynski, chefe do partido conservador e populista Direita e Justiça (PiS), nas legislativas previstas para o outono.

© Kacper Pempel / Reuters

O triunfo do jurista de 43 anos, que deverá ser confirmado oficialmente na noite de segunda-feira, poderá abrir caminho para o regresso ao poder do seu mentor Jaroslaw Kaczynski, chefe do partido conservador e populista Direita e Justiça (PiS), nas legislativas previstas para o outono. 

A primeira sondagem à boca das urnas pelo instituto Ipsos creditou Duda com 53% dos sufrágios, mas uma estimativa mais precisa, baseada nos resultados oficiais de diversas assembleias de voto, corrigiu o seu resultado para 52%. 

Komorowski, apoiado pela liberal Plataforma Cívica (PO, no poder) e que conclui o seu mandato a 6 de agosto, já felicitou o seu adversário ao reconhecer perante apoiantes que "os cidadãos de uma Polónia livre e democrática decidiram assim", antes de fazer votos de "um bom mandato presidencial" a Duda, porque deseja "todo o bem à Polónia". 

No estado-maior de Duda, o anúncio dos resultados foi recebido de forma efusiva. 

"Os que votaram por mim votaram de facto pela mudança. Estou profundamente convencido de que estamos em condições de reconstruir a comunidade nacional no nosso país e poderemos juntos melhorar este país", disse, após agradecer a Komorowski pelas suas palavras. 

Os poderes do chefe de Estado na Polónia são relativamente limitados e os analistas consideram que esta eleição poderá ser um prelúdio para as legislativas que se aproximam. 

O partido da oposição conservadora do PiS, dirigido por Jaroslaw Kaczynski, e a PO surgem lado a lado nas sondagens.
Lusa
  • Polacos elegem hoje novo Presidente

    Mundo

    O chefe de Estado polaco cessante Bronislaw Komorowski, de centro direita, e o seu rival conservador e populista, Andrezj Duda, disputam hoje a presidência da Polónia na segunda volta de um escrutínio com resultado muito incerto. 

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.

  • "Estar na Web Summit foi dizer em empreendedorês: estamos vivos, estamos aqui!"

    Web Summit

    No seguimento da entrevista à blogger Sara Riobom, que conhecemos durante a WebSummit, trazemos a história de outro jovem português (que não trabalha sozinho) que esteve no evento, em Lisboa, a promover a sua startup. Quis o acaso e as peripécias do direto e do destino que acabasse por receber um visitante ilustre e especial no seu stand: nada mais nada menos do que o primeiro-ministro, António Costa. Recentemente estiveram no Shark Tank, onde conseguiram captar a atenção de um dos “tubarões” do programa da SIC. Mas o que queremos saber é…

    Martim Mariano