sicnot

Perfil

Mundo

Adiada travessia do Pacífico do Solar Impulse II

Os responsáveis do projeto Solar Impulse II, que está a tentar dar a volta ao mundo alimentado apenas com energias alternativas, decidiram hoje adiar, devido ao mau tempo, a sétima etapa da viagem em que deve cruzar o Oceano Pacífico.

© Handout . / Reuters


Em comunicado, a equipa do Solar Impulse II, explicou que o tempo no Pacífico está demasiado instável e que a excessiva nebulosidade na zona poderia afetar o processo de recarga das baterias que alimentam o avião, o que obriga a adiar a descolagem para uma data não definida.

Após mais de um mês em Nankin, leste da China, a equipa responsável pelo projeto ainda anunciou a descolagem rumo ao Havai, mas viria a cancelar o plano.

O Solar Impulse 2 partiu, a 09 de março, de Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, aonde deverá regressar em julho ou agosto.

Ao todo, a aeronave vai percorrer 35 mil quilómetros, sobrevoando dois oceanos.

Prevista em 12 etapas, a volta ao mundo é o culminar de 12 anos de investigação dos dois pilotos, que procuram, além da exploração científica, veicular uma mensagem política.



  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • "A maioria das pessoas que criticou André Ventura nunca viveu esses problemas"
    3:43

    Opinião

    A polémica em torno das declarações do candidato do PSD à Câmara de Loures, André Ventura, sobre o modo de vida da etnia cigana no concelho, esteve em análise no Jornal da Noite desta segunda-feira. Miguel Sousa Tavares defende que "os problemas existem mas não podem ser generalizados". O comentador SIC considera, ainda assim, que André Ventura tem razão quando diz que "a maioria das pessoas que o criticou nunca viveu esses problemas".

    Miguel Sousa Tavares