sicnot

Perfil

Mundo

Mãe abandona filhos para se juntar ao Estado Islâmico

Uma mãe australiana abandonou os dois filhos e fugiu para a Síria para se juntar ao grupo Estado Islâmico, numa altura em que mais de 100 australianos já se juntaram aos jihadistas, escreve hoje a imprensa local.

www.dailytelegraph.com.au

www.dailytelegraph.com.au

O Governo australiano diz-se profundamente perturbado com a notícia e garante estar a acompanhar de perto a situação.

Segundo o Sydney Daily Telegraph, Jasmina Milovanov, uma jovem de 26 anos convertida ao islão, deixou os seus filhos, de cinco e sete anos, com uma babysitter no início do mês e nunca regressou.

O jornal citou o ex-marido de Milovanov que afirma que a jovem lhe enviou uma mensagem dizendo que estava na Síria.

"A única coisa em que consigo pensar é nos meus filhos. Não posso acreditar que ela deixou estas duas lindas crianças. Nos dias seguintes, o meu filho dizia que esperava que 'a (minha) mãe estivesse bem'", contou.

"Antes de ela ir, falei com ela (sobre as publicações extremistas no Facebook). Disse-lhe que era estúpido e extremista. Avisei-a sobre as pessoas com quem convivia", disse, recusando ser identificado.

Milovanov é amiga no Facebook de Zehra Duman, conhecida na Austrália como "a recrutadora de noivas jihadista" e usa as redes sociais para incitar as mulheres a juntarem-se ao grupo terrorista.

Mais de 100 australianos saíram do país para lutarem com os jihadistas no Iraque e na Síria - mais de 30 já perderam a vida, segundo o Governo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.