sicnot

Perfil

Mundo

Incêndio de camião-cisterna após despiste faz 69 mortos na Nigéria

Sessenta e nove pessoas morreram queimadas em Onitsha, no sudeste da Nigéria, quando um camião-cisterna que transportava combustível se despistou e embateu contra uma estação de autocarros incendiando-se, informou esta segunda-feira a Cruz Vermelha. 

Um responsável da Cruz Vermelha em Abuja disse que o pessoal da organização, em Onitsha, confirmou, até agora, 69 mortos, adiantando que várias outras pessoas estão a ser tratadas a queimaduras graves. (Arquivo)

Um responsável da Cruz Vermelha em Abuja disse que o pessoal da organização, em Onitsha, confirmou, até agora, 69 mortos, adiantando que várias outras pessoas estão a ser tratadas a queimaduras graves. (Arquivo)

© Stringer Shanghai / Reuters

O porta-voz da polícia local, Uchenna Ezeh, tinha declarado antes à agência France Presse que pelo menos 37 pessoas tinham morrido e sete outras tinham ficado feridas no domingo quando "o camião se descontrolou e embateu contra uma estação rodoviária próxima de uma rotunda" em Onitsha, capital comercial do Estado nigeriano de Anambra. 

Um responsável da Cruz Vermelha em Abuja disse que o pessoal da organização, em Onitsha, confirmou, até agora, 69 mortos, adiantando que várias outras pessoas estão a ser tratadas a queimaduras graves.

Até ao momento, desconhece-se por que razão o motorista perdeu o controlo do veículo, mas o porta-voz da polícia local garantiu não haver indícios de crime. 

Cerca de uma dúzia de autocarros e várias motorizadas ficaram destruídas no incêndio, adiantou Uchenna Ezeh.
Lusa
  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.