sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos quatro soldados mortos em atentado suicida na Nigéria

Pelo menos quatro soldados morreram  quando um camião explodiu, num posto de controlo militar na cidade de Maiduguri, nordeste da Nigéria, palco de uma série de ataques atribuídos ao Boko Haram, testemunharam habitantes.

"Foi um atentado suicida que visava o último posto de controlo militar", asseguraram os habitantes, acrescentando que quatro soldados morreram e vários ficaram feridos. (Arquivo)

"Foi um atentado suicida que visava o último posto de controlo militar", asseguraram os habitantes, acrescentando que quatro soldados morreram e vários ficaram feridos. (Arquivo)

© Stringer . / Reuters

Dois habitantes, que pediram para não ser identificados, explicaram que um camião de transporte de madeira passou por vários postos militares antes de explodir perto da entrada de um quartel Maimalari, às 17:00 locais (mesma hora em Lisboa).

"Foi um atentado suicida que visava o último posto de controlo militar", asseguraram os habitantes, acrescentando que quatro soldados morreram e vários ficaram feridos.

Maiduguri tem sido alvo de vários ataques atribuídos ao grupo nigeriano Boko Haram. Aquela cidade nigeriana é o reduto histórico do grupo, criado em 2002, e que, desde 2009, se dedica à insurreição armada.

Num outro ataque, na cidade de Yola, também no nordeste da Nigéria, duas pessoas morreram e dezenas ficaram feridas, na sequência de uma explosão no mercado.

O ataque também foi atribuído ao grupo Boko Haram.
Lusa
  • Incêndios causaram 76 feridos no espaço de uma semana
    0:34

    País

    No espaço de uma semana, 76 pessoas ficaram feridas, incluindo seis com gravidade, durante os incêndios florestais. Na conferência de imprensa desta tarde, a Proteção Civil explicou que há cinco planos municipais de emergência ativos por causa das chamas.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.