sicnot

Perfil

Mundo

Burundi marca legislativas para 26 de junho e presidenciais para 15 de julho

A comissão eleitoral do Burundi, onde as eleições foram recentemente adiadas devido a uma crise política, propôs hoje a realização de legislativas e municipais a 26 de junho e presidenciais a 15 de julho. 

© Goran Tomasevic / Reuters

O Presidente do Burundi, Pierre Nkurunziza, cujo anúncio da candidatura a um terceiro mandato em abril provocou uma onda de contestações no país, adiou a realização de eleições legislativas e municipais, bem como as presidenciais, que estavam previstas realizar-se a 04 de junho e 26 de junho, respetivamente.

"A data de 26 de junho é proposta para a eleição de deputados e conselhos municipais", afirmou o presidente da Comissão Eleitoral Independente, Pierre-Claver Ndayicariye, no final de um encontro boicotado pela oposição e pela sociedade civil.

"Sugere-se a data de 15 de julho para a realização das eleições presidenciais", disse.

O Presidente tem agora de aprovar por decreto o novo calendário eleitoral, para confirmação oficial das datas.

A oposição política do país, através de um dos seus líderes, Charles Nditije, afirmou que a comissão eleitoral perdeu a legitimidade, depois da demissão e fuga do país de cinco comissários.

Sem aqueles elementos as decisões da comissão eleitoral são juridicamente nulas, acrescentou.

Há um mês que existem protestos quase diários na capital do país contra uma terceira candidatura à Presidência do atual chefe de Estado, Pierre Nkurunziza, no poder desde 2005, e que já deu origem a uma tentativa de golpe de Estado.







Lusa
  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • Centro Hospitalar do Algarve deverá ser extinto em 2017
    2:10

    País

    O Centro Hospitalar do Algarve deverá ser extinto no próximo ano e depois da separação dos hospitais de Faro, Portimão e Lagos. Faro deverá passar a hospital universitário. A proposta da Administração Regional de Saúde deverá ser confirmada dentro de dias pelo ministro da Saúde.

  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.