sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 230 mil mortos na Síria desde o início do conflito

Pelo menos 230.618 pessoas, 69.494 das quais civis, morreram desde o início do conflito na Síria em meados de março de 2011, segundo o balanço divulgado hoje pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

© Khalil Ashawi / Reuters

Entre os civis mortos, encontram-se pelo menos 11.493 menores e 7.371 mulheres.

Do lado dos rebeldes, registaram-se no mínimo 72.363 baixas, entre as quais as de 31.247 combatentes estrangeiros que integravam grupos radicais como o 'jihadista' Estado Islâmico (EI) e a Frente al-Nusra, braço sírio da Al-Qaida.

Da parte governamental, contam-se 85.570 mortos: 49.106 membros das forças regulares, 32.533 milicianos pró-regime, 838 elementos do movimento xiita libanês Hezbollah e 3.093 milicianos xiitas de outras nacionalidades.

O OSDH indica ainda a existência de 3.191 mortos de identidade desconhecida.

Durante os quatro anos de conflito, mais de 1,6 milhões de pessoas ficaram feridas e 11 milhões tiveram de abandonar as suas casas.

A organização ressalva que o referido balanço não inclui os mais de 20.000 desaparecidos nas prisões do regime, nem os 5.000 sequestrados pelo EI ou os 1.500 combatentes desta organização, da Frente al-Nusra e das forças curdas capturados durante os combates.

Ficam igualmente de fora os 7.000 prisioneiros do regime nas mãos dos rebeldes e os 2.000 raptados por fações islamitas acusadas de colaborar com as autoridades sírias.

O OSDH, com sede no Reino Unido, conta com dados recolhidos por uma ampla rede de ativistas, combatentes e médicos espalhada por todo o país devastado pela guerra.


Lusa
  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC