sicnot

Perfil

Mundo

Japão vai desmantelar central de Fukushima dentro de 30 a 40 anos

O governo japonês aprovou hoje a revisão do plano para as operações de desmantelamento da central nuclear de Fukushima, cuja duração total se mantêm no prazo de entre 30 e 40 anos. 

© Kim Kyung Hoon / Reuters

Apesar de a retirada do combustível -- uma operação chave no processo -- se atrasar entre dois e três anos, o executivo nipónico e a proprietária da fábrica, a Tokyo Electric Power (TEPCO), estimaram que a alteração não afeta o conjunto de trabalhos pendentes na central.

Além da retirada do combustível fundido de dentro dos reatores, a central, atingida pelo terramoto e tsunami de 2011, ainda enfrenta o problema da acumulação diária de centenas de toneladas de água radioativa nas instalações.

Estas inundações são produto da água que através dos canais naturais entra nos porões dos reatores e, uma vez aí, se mistura com líquido refrigerante contaminado que esteve em contacto com as unidades danificadas. 

Atualmente o Governo e a TEPCO estão a testar um sistema experimental -- um muro de gero subterrâneo -- para desviar o fluxo das águas subterrâneas e evitar que essa acumulação diária de água possa ir parar ao oceano Pacífico. 

O tsunami e sismo de magnitude 9 na escala de Richter de 11 de março de 2011 provocou em Fukushima o pior acidente nuclear desde o de Chernobil, na Ucrânia, em 1986.

As emissões e fugas resultantes mantêm deslocadas milhares de pessoas que viviam junto à central nuclear e afetaram gravemente a agricultura, pecuária e pesca local. 


Lusa
  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31
  • Portugal é o segundo país da Europa com mais emigrantes
    1:39

    País

    São 2,3 milhões os portugueses que vivem no estrangeiro, ou seja, 22% da população. O último relatório do Observatório da Emigração relativo a 2015 mostra que se manteve o mesmo número de saídas de Portugal para o estrangeiro registadas no pico atingido em 2013: acima das 110 mil por ano. O Reino Unido é o principal país de destino.

  • Descoberta produção de canábis em abrigo nuclear 

    Mundo

    A polícia britânica descobriu, no sul de Inglaterra, um antigo abrigo nuclear subterrâneo adaptado à produção de canábis em grande escala. A operação levou à detenção de cinco homens e um adolescente de 15 anos. Foram também apreendidas milhares de plantas de canábis.

  • Carnaval na Almirante Reis
    2:39

    País

    Lisboa também celebra o Carnaval e esta manhã mais de três mil crianças participaram num desfile pela Avenida Almirante Reis, alunas de escolas públicas e privadas de 24 nacionalidades. Na freguesia de Arroios vivem estrangeiros de 79 nacionalidades.