sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para quatro o número de mortos em explosão de carro na Suécia

A explosão de um carro ocorrida na sexta-feira perto da cidade de Gotemburgo, sul da Suécia, fez quatro mortos, anunciou hoje a polícia local.

O primeiro balanço do incidente dava conta de uma vítima mortal.

Segundo os 'media' locais, uma das vítimas era o líder de um gangue criminoso muito conhecido em Gotemburgo. Esta cidade sueca tem sido nos últimos anos cenário de confrontos violentos entre gangues rivais.

O chefe da unidade de investigação criminal daquela região, Robert Karlsson, disse que ainda é muito cedo para determinar se a explosão teve origem criminosa.

"Não temos qualquer pista, nem nessa direção, nem de outra. Estamos apenas no início", afirmou o responsável, em declarações à rádio pública sueca SR.

Quatro pessoas encontravam-se no interior do carro quando ocorreu a explosão, de acordo com a polícia, que não divulgou pormenores sobre a identidade das vítimas ou sobre as causas da explosão.

O incidente ocorreu numa altura em que existia um grande fluxo de trânsito.

"Três pessoas que estavam no interior do carro morreram na sexta-feira (...). Uma jovem, gravemente ferida, foi hospitalizada e morreu durante a noite [de sexta-feira para sábado]",  indicou a polícia de Gotemburgo, num comunicado.

O veículo ficou "praticamente destruído", segundo os serviços de emergência.

Lusa
  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.