sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para quatro o número de mortos em explosão de carro na Suécia

A explosão de um carro ocorrida na sexta-feira perto da cidade de Gotemburgo, sul da Suécia, fez quatro mortos, anunciou hoje a polícia local.

O primeiro balanço do incidente dava conta de uma vítima mortal.

Segundo os 'media' locais, uma das vítimas era o líder de um gangue criminoso muito conhecido em Gotemburgo. Esta cidade sueca tem sido nos últimos anos cenário de confrontos violentos entre gangues rivais.

O chefe da unidade de investigação criminal daquela região, Robert Karlsson, disse que ainda é muito cedo para determinar se a explosão teve origem criminosa.

"Não temos qualquer pista, nem nessa direção, nem de outra. Estamos apenas no início", afirmou o responsável, em declarações à rádio pública sueca SR.

Quatro pessoas encontravam-se no interior do carro quando ocorreu a explosão, de acordo com a polícia, que não divulgou pormenores sobre a identidade das vítimas ou sobre as causas da explosão.

O incidente ocorreu numa altura em que existia um grande fluxo de trânsito.

"Três pessoas que estavam no interior do carro morreram na sexta-feira (...). Uma jovem, gravemente ferida, foi hospitalizada e morreu durante a noite [de sexta-feira para sábado]",  indicou a polícia de Gotemburgo, num comunicado.

O veículo ficou "praticamente destruído", segundo os serviços de emergência.

Lusa
  • Incêndios causaram 76 feridos no espaço de uma semana
    0:34

    País

    No espaço de uma semana, 76 pessoas ficaram feridas, incluindo seis com gravidade, durante os incêndios florestais. Na conferência de imprensa desta tarde, a Proteção Civil explicou que há cinco planos municipais de emergência ativos por causa das chamas.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.