sicnot

Perfil

Mundo

Governo de união palestiniano apresenta demissão

O governo de união palestiniano, formado em 2014 numa tentativa de ultrapassar os diferendos entre o movimento radical Hamas e a Fatah, partido do presidente da Autoridade Palestiniana Mahmud Abbas, apresentou hoje a demissão, divulgou uma fonte oficial.

Primeiro-ministro palestiniano, Rami Hamdallah.

Primeiro-ministro palestiniano, Rami Hamdallah.

© Mussa Qawasma / Reuters

"O primeiro-ministro palestiniano Rami Hamdallah apresentou a sua demissão a Abbas, que ordenou [Hamdallah] a formar um novo governo", afirmou Nimr Hammad, conselheiro do presidente da Autoridade Palestiniana, em declarações à agência francesa AFP.

As conversações para a formação do novo executivo devem começar imediatamente e vão incluir consultas com as várias fações palestinianas, incluindo o movimento islâmico palestiniano Hamas, acrescentou o mesmo conselheiro.

A Fatah é a principal fação da Organização de Libertação da Palestina (OLP) e o partido de Abbas.

Fontes oficiais afirmaram que a dissolução do atual governo de união, composto por tecnocratas, estava a ser discutida há vários meses, por causa da incapacidade do executivo de agir na Faixa de Gaza, território controlado pelo Hamas desde junho de 2007.

Lusa
  • "É preciso despartidarizar o sistema de Proteção Civil", diz Duarte Caldeira
    2:47
  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • Arcebispo de Braga pede responsabilidades pelos incêndios
    1:40

    País

    Braga também sofreu um dos mais violentos incêndios dos últimos anos. O fogo descontrolado atravessou várias freguesias e destruiu duas empresas. A igreja, pela voz do arcebispo de Braga, pede ação e o apuramento de responsabilidades, face a esta calamidade.

  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06