sicnot

Perfil

Mundo

Governo de união palestiniano apresenta demissão

O governo de união palestiniano, formado em 2014 numa tentativa de ultrapassar os diferendos entre o movimento radical Hamas e a Fatah, partido do presidente da Autoridade Palestiniana Mahmud Abbas, apresentou hoje a demissão, divulgou uma fonte oficial.

Primeiro-ministro palestiniano, Rami Hamdallah.

Primeiro-ministro palestiniano, Rami Hamdallah.

© Mussa Qawasma / Reuters

"O primeiro-ministro palestiniano Rami Hamdallah apresentou a sua demissão a Abbas, que ordenou [Hamdallah] a formar um novo governo", afirmou Nimr Hammad, conselheiro do presidente da Autoridade Palestiniana, em declarações à agência francesa AFP.

As conversações para a formação do novo executivo devem começar imediatamente e vão incluir consultas com as várias fações palestinianas, incluindo o movimento islâmico palestiniano Hamas, acrescentou o mesmo conselheiro.

A Fatah é a principal fação da Organização de Libertação da Palestina (OLP) e o partido de Abbas.

Fontes oficiais afirmaram que a dissolução do atual governo de união, composto por tecnocratas, estava a ser discutida há vários meses, por causa da incapacidade do executivo de agir na Faixa de Gaza, território controlado pelo Hamas desde junho de 2007.

Lusa
  • Bélgica goleia Tunísia e fica muito perto dos oitavos

    Mundial 2018 / Bélgica

    A Bélgica derrotou este sábado a Tunísia por 5-2, na 2.ª jornada do grupo G, e ficou muito perto de garantir o apuramento para os oitavos de final do campeonato do mundo. Veja aqui os golos e os principais lances do encontro.

    Em atualização

  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05