sicnot

Perfil

Mundo

Dezenas de milhares de fiéis na Esplanada das Mesquitas para o Ramadão

Dezenas de milhares de fiéis convergiram esta sexta-feira para a Esplanada das Mesquitas, o terceiro lugar santo do Islão, em Jerusalém Oriental, para a primeira grande oração semanal do Ramadão, constataram jornalistas da AFP.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stefan Wermuth / Reuters

Este afluxo foi favorecido por medidas excecionais das autoridades israelitas por ocasião do Ramadão.

Jerusalém Oriental é a parte palestiniana da cidade que Israel ocupou e anexou e está ligada à Cisjordânia, também sob ocupação israelita.

Cerca de 200 mil fiéis, segundo o dirigente do Waqf (Gabinete dos Bens Muçulmanos), xeque Azzam Khatib, ou 80 mil, segundo a porta-voz da polícia israelita, Luba Samri, convergiram para a Esplanada das Mesquitas para a primeira oração de sexta-feira do mês de jejum, com que os muçulmanos comemoram a primeira revelação do Corão pelo profeta Maomé. 

Pelo menos 120 mil pessoas, segundo o xeque Khatib, ou 48 mil, segundo a porta-voz da polícia, vieram da Cisjordânia. 

Por norma, os fiéis são apenas alguns milhares numa sexta-feira habitual. 

Coisa rara, cerca de 500 palestinianos vindos da Faixa de Gaza, que está sob bloqueio israelita, puderam participar na oração, indicou uma responsável da entidade do Ministério da Defesa encarregada de coordenar as atividades israelitas nos territórios palestinianos. 
Lusa
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14