sicnot

Perfil

Mundo

Luso-descendente assassinado a tiro na Venezuela

Um luso-descendente foi esta sexta-feira assassinado a tiro em Caracas por desconhecidos que teriam tentado roubar a sua viatura, noticiou a emissora venezuelana Unión Rádio.

A insegurança é apontada pelos analistas e pelos próprios cidadãos como uma das principais preocupações dos venezuelanos. (Arquivo)

A insegurança é apontada pelos analistas e pelos próprios cidadãos como uma das principais preocupações dos venezuelanos. (Arquivo)

Ramon Espinosa / AP

A vítima, identificada como sendo Carlos Rodríguez, de 48 anos de idade, foi intercetada por homens armados depois de sair de casa, em Sarria (centro), para ir ao Consulado Geral de Portugal em Caracas, para tratar de documentos.

"Ele estava a tratar dos papéis porque queria ir embora", explicou um sobrinho à Unión Rádio.

O cadáver foi localizado na Cota Mil, uma autoestrada do norte de Caracas, que liga o centro com o leste da capital venezuelana.

Carlos Rodríguez era casado e deixa dois filhos, de 24 e 21 anos.

Fontes não oficiais dão conta que a viatura do luso-descendente foi localizada pelas autoridades em Pinto Salinas, um bairro do centro de Caracas.

O caso está a ser investigado pelo Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas (Cicpc, antiga Polícia Técnica Judiciária).

A insegurança é apontada pelos analistas e pelos próprios cidadãos como uma das principais preocupações dos venezuelanos, afetando por igual tanto a nacionais como a estrangeiros radicados no país.
  • Genro de Donald Trump depõe hoje no Senado

    Mundo

    Jared Kushner, genro do Presidente dos EUA Donald Trump, vai hoje depor à porta fechada perante o comité dos serviços de inteligência do Senado, a câmara alta do Congresso norte-americano.

  • " A melhoria das contas públicas não foi feita à custa dos portugueses"
    1:30

    País

    Numa espécie de balaço deste ano e meio de governação, o primeiro-ministro voltou a assinalar voltou a assinalar a redução do défice e as melhorias nas contas públicas. Num jantar com militantes em Coimbra, António Costa garantiu ainda que a "verdadeira reforça do Estado avança até ao final desta legislatura, que é a Descentralização.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15