sicnot

Perfil

Mundo

Carne congelada com mais de 40 anos apreendida na China

Quase 500 milhões de dólares (446 milhões de euros) em carne congelada traficada, alguma apodrecida e com mais de 40 anos, foram apreendidos na China, indica a imprensa oficial.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Reuters Photographer / Reuter

Mais de 100.000 toneladas de asas de galinhas, carne de vaca e de porco, que valiam cerca de três mil milhões de yuan, foram apreendidas, numa operação nacional, escreve hoje o China Daily.

"Cheirava mal e quase vomitei quando abri a porta", disse um responsável da província de Hunan, onde 800 toneladas foram apreendidas.

Dois grupos criminosos da província central estavam entre os 14 identificados pelas autoridades.

Um comunicado da página oficial de propaganda de Hunan dizia que a carne tinha vindo da "zona fronteiriça" com o Vietname, onde é "difícil controlar a circulação de carne". 

Dirigentes de Guangxi, uma região do sul junto ao Vietname, descobriram que alguma da carne tinha "mais de 40 anos", escreve o China Daily.

Tal significa que a carne foi originalmente empacotada e armazenada quando o país ainda estava sob o domínio Mao Zedong, que morreu em 1976.

Segundo o jornal oficial, os traficantes compraram carne barata no estrangeiro, enviaram-na para Hong Kong, passou pelo Vietname e só depois chegou à China.

Yang Bo, vice-diretor do gabinete anti-tráfico de Changsha, capital de Hunan, disse que os bens são frequentemente transportados em veículos comuns, e não em carrinhas frigoríficas, para poupar dinheiro.

"Por isso a carne descongelava muitas vezes antes de chegar aos clientes", acrescentou.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.