sicnot

Perfil

Mundo

Aprovada construção de primeiro arranha-céus em Paris desde 1973

A Câmara de Paris aprovou a construção de um arranha-céus triangular com 180 metros de altura no centro da capital francesa que será o primeiro arranha-céus construído na cidade desde 1973, segundo a agência France Presse (AFP).

© Kacper Pempel / Reuters

A aprovação da 'Tour Triangle', torre em forma de triângulo cuja inauguração está prevista para 2020, não foi isenta de polémica, tendo sido conseguida após uma anterior rejeição pelo Conselho Municipal que obrigou a pequenas alterações no projeto.

Construções de mais de 37 metros de altura estavam proibidas na capital francesa desde a construção da 'Tour Montparnasse', com 210 metros e altamente polémica pelo alegado choque com a paisagem urbana da cidade, marcada pela escassez de edifícios em altura - excetuando a Torre Eiffel.

A administração da cidade foi levantando as restrições ao longo do tempo, primeiro nos subúrbios e edifícios de escritórios, para responder às necessidades crescentes da sua população.

A presidente da câmara de Paris, Anne Hidalgo, declarou-se satisfeita pelo levantamento do "tabu" das construções em altura na cidade, declarando que a aprovação "é o epílogo feliz do que é um grande projeto para Paris".

A oposição ao projeto não terminou com a sua aprovação, contando com a reprovação de elementos de todos os espetros políticos da cidade.

O subdiretor-geral da UNESCO, Francesco Bandarin, deu em 2013 parecer negativo à construção de torres na que definiu como "uma das raras cidades horizontais preservadas" no mundo.

 

 

 

 

Lusa

 

  • Um homem de 83 anos é a 42.ª vítima dos incêndios
    1:27

    País

    Subiu para 42 o número de vítimas mortais nos incêndios deste domingo. Um homem de 83 anos foi encontrado sem vida em Lugar de Covelo, em Vouzela. O número de feridos mantém-se, 14 estão em estado grave. A maior parte das mortes aconteceu no distrito de Coimbra (20) e Viseu (19). Segundo a Proteção Civil, já não há desaparecidos. Sete pessoas estavam dadas como desaparecidas e apenas uma foi encontrada sem vida. Um bebé de poucos meses tinha sido dado como morto, mas foi encontrado com vida.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08