sicnot

Perfil

Mundo

Cinco homens detidos na Índia por rapto de um macaco

Cinco homens foram detidos por raptarem um macaco, após terem surgido as imagens de vídeo do primata a ser colocado no porta-bagagens de um carro, anunciaram hoje as autoridades indianas.

© Altaf Hussain / Reuters

O curto vídeo, transmitido pelos meios de comunicação social indianos, mostra um jovem macaco "desesperado" a tentar soltar-se dos homens e vários primatas a observarem o roubo do primata à família. Os homens conseguiram colocar o macaco na bagageira de um carro.

"Prendemos cinco pessoas após uma operação conjunta com a polícia", disse à agência noticiosa francesa AFP Rajeshwar Satelikar, um guarda-florestal no Estado ocidental indiano de Maharashtra.

Os detidos estão sob custódia do departamento florestal e serão acusados no âmbito de vários ilícitos consagrados na Lei de Proteção da Vida Selvagem de 1972 (Wildlife Protection Act 1972). 

"Se forem considerados culpados enfrentam uma pena de três a sete anos de prisão", afirmou o guarda-florestal.

Satelikar disse ainda que os homens, com idades entre os 25 e 35 anos, foram detidos na terça-feira à noite e que o macaco está a ser tratado por funcionários florestais.

O grupo de ativistas Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA) informou que reportou o vídeo à polícia depois de ter conhecimento que estava a circular pelas redes sociais.

O incidente ocorreu na área montanhosa de Varandha Ghat, em Maharasthra, perto da cidade de Pune, segundo a PETA.

 "Este macaco aterrorizado já sofreu muito com o trauma de ser roubado da sua família e precisa de se reunir com eles imediatamente", sublinhou Nikunj Sharma, fonte oficial do PETA, através de um comunicado.

Os macacos são frequentemente treinados como artistas de rua na Índia, mas é ilegal capturá-los sob a lei de 1972.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi o deputado eleito pelo círculo de Braga. Agora vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Esta saída pode colocar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.