sicnot

Perfil

Mundo

Piloto de avião que caiu no rio em Taiwan desligou motor antes do acidente

O piloto do avião que se despenhou em fevereiro passado num rio em Taiwan, provocando 43 mortes, desligou o único motor que funcionava, depois de o outro ter falhado, segundo um relatório oficial hoje divulgado.  

© Stringer Taiwan / Reuters


O avião da transportadora TransAsia despenhou-se pouco depois de descolar do aeroporto Songshan, em Taipé, em fevereiro passado, com 53 pessoas a bordo, das quais 15 sobreviveram.

O relatório do Conselho de Segurança da Aviação Civil de Taiwan indica, com base nas gravações da caixa negra, que, antes da queda, o piloto afirmou ter puxado a alavanca errada.

A ação fez com que o único dos motores que funcionava falhasse, depois de o outro ter já perdido potência, segundo os resultados preliminares do inquérito.

Os dados de hoje são descritos como "factuais" e facultam mais pormenores sobre o acidente, mas não atribuem responsabilidade nem apresentam conclusões finais sobre a causa do acidente.

O relatório preliminar deve ser publicado em novembro e o final é esperado em abril de 2016.

 

  • Divulgada gravação de hospedeira a gritar que um dos motores está em chamas
    1:35

    Mundo

    Trinta e um mortos, 12 desaparecidos e 15 sobreviventes é o último balanço da queda de um avião em Taiwan. O aparelho da TransAsia perdeu altitude logo depois da descolagem, chocou com a estrutura de uma autoestrada e caiu num rio. Um canal de Taiwan divulgou uma gravação que terá sido captada por radioamadores em que uma hospedeira grita que um dos dois motores está em chamas.

  • Confrontos entre adeptos do Benfica e do SC Braga
    5:33

    Desporto

    Os adeptos do Benfica e do Sporting de Braga envolveram-se em confrontos num parque de estacionamento nas imediações do Estádio do Braga. O tumulto ocorreu por volta das 17:30 da tarde. O repórter da SIC Miguel Mota esteve no local onde contou o que aconteceu.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.