sicnot

Perfil

Mundo

Centenas de voos cancelados em Toronto devido a greve

Mais de 200 voos com partida ou chegada do aeroporto de Toronto, no Canadá, foram cancelados, esta sexta-feira, depois de os trabalhadores que reabastecem os aviões terem repentinamente entrado em greve.

© Michael Dalder / Reuters

"Os movimentos de aeronaves foram significativamente afetados à medida que os fornecedores de serviços de combustível se deparavam com uma crescente escassez de pessoal", informou a infraestrutura aeroportuária, indicando que a partir das 17:00 (22:00 de sexta-feira em Lisboa), 185 voos foram cancelados.

Segundo o portal do aeroporto, quatro horas depois, tinham sido anulados pelo menos mais 30.

Funcionários da empresa abastecedora faltaram ao trabalho, em forma de protesto, contra o anúncio de rescisão do contrato de fornecimento de combustível por um consórcio de companhias aéreas, liderado pelas transportadoras locais Air Canada e West Jet, tanto no aeroporto de Toronto como no de Montreal.

Segundo o sindicato que representa os trabalhadores, o referido consórcio de transportadoras aéreas concluiu acordos com outros fornecedores de combustível para os aviões, pelo que mais de 300 pessoas vão perder o emprego.

 

 

 

Lusa

 

  • Bruno de Carvalho garante empenho do Sporting
    0:52

    New Articles

    Bruno de Carvalho diz que o Sporting continua empenhado apesar do momento que o clube atravessa. O presidente leonino discursou ao início da tarde no núcleo Leões da Madeira, no Funchal, onde o Sporting joga hoje com o Marítimo.

  • Cágado tratado com implante impresso em 3D
    2:26
  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.