sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para 61 o número de mortos em naufrágio nas Filipinas

O número de mortos devido ao naufrágio da embarcação filipina Kim Nirvana, ocorrido na quinta-feira, devido a excesso de carga, elevou-se para 61, segundo o último balanço hoje apresentado pelas autoridades locais. 

© Stringer Philippines / Reuter

"O número de mortos é maior do que aquilo que esperávamos", atendendo às listas oficiais de passageiros, disse o chefe do serviço da guarda costeira local, Pedro Tinampay, recusando pronunciar-se acerca da eventual presença de outros corpos no 'ferry'.

O barco de 33 toneladas, que fazia a ligação de Ormoc às ilhas Camotes, transportava também várias toneladas de cimento, arroz e adubos que foram amarrados incorretamente o que terá provocado o seu desequilíbrio.

O proprietário do navio, o seu capitão e 17 membros da tripulação foram acusados de homicídio voluntário.   

Os acidentes marítimos são frequentes nas Filipas, um arquipélago com mais de 7.100 ilhas, em que os 'ferries' são um dos principais meios de transporte.

 

 

 

 

Lusa

 

  • Obras no Miradouro de São de Pedro de Alcântara não foram a concurso
    2:50

    País

    As obras no Miradouro de São Pedro de Alcântara, em Lisboa, arrancaram esta segunda-feira. A intervenção foi adjudicada à construtora Teixeira Duarte sem concurso público. A autarquia justifica esta decisão com o caráter urgente da obra, argumento que não consta do relatório do Laboratório Nacional de Engenheria Civil, a que a SIC teve acesso.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.