sicnot

Perfil

Mundo

Morre, aos 112 anos, o japonês que era o homem mais velho do mundo

O japonês Sakari Momoi, reconhecido pelo Guiness como o homem mais velho do mundo, morreu em Tóquio, aos 112 anos de idade, informou a imprensa nipónica.

reuters

Sakari Momoi nasceu a 05 de fevereiro de 1903 na localidade de Minamisoma (prefeitura de Fukushima, no centro do Japão), e tinha sido referido pelo Guiness como o homem mais velho do mundo em agosto do ano passado. 

O homem morreu no domingo, segundo a estação de televisão pública NHK. 

Momoi passou os últimos anos de vida num lar em Tóquio e há uma semana tinha sido hospitalizado devido a uma insuficiência renal crónica, a qual causou a sua morte, segundo as autoridades da prefeitura de Saitama.

Sakari Momoi celebrou o 112.º aniversário a 05 de fevereiro rodeado pela família no lar onde residia e segundo a imprensa local levou uma vida tranquila, tendo trabalhado como professor e exercido funções de diretor em centros educativos das prefeituras de Fukushima e Saitama. 

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15