sicnot

Perfil

Mundo

Presidente turco pede ao primeiro-ministro que forme um novo governo

O Presidente da Turquia, Recep Tayyp Erdogan, pediu esta quinta-feira ao primeiro-ministro, Ahmet Davutoglu, para formar um novo governo, um mês depois das eleições legislativas em que o partido no poder perdeu a maioria.

Erdogan (na imagem) mandatou o líder do Partido Justiça e Desenvolvimento (AKP), Ahmet Davutoglu, a formar um novo governo, durante uma reunião no palácio presidencial de Ancara. (Arquivo)

Erdogan (na imagem) mandatou o líder do Partido Justiça e Desenvolvimento (AKP), Ahmet Davutoglu, a formar um novo governo, durante uma reunião no palácio presidencial de Ancara. (Arquivo)

© Umit Bektas / Reuters

Erdogan mandatou o líder do Partido Justiça e Desenvolvimento (AKP), Ahmet Davutoglu, a formar um novo governo, durante uma reunião no palácio presidencial de Ancara, informou o Presidente turco num breve depoimento publicado na sua página na internet.

Davutoglu tem agora 45 dias para formar um governo de coligação, prazo que, se for ultrapassado, poderá levar a novas eleições.

A perda da maioria pelo AKP nas eleições de 7 de junho foi vista como um golpe para o partido no poder, bem como para a autoridade do próprio Erdogan, que liderou a Turquia de 2003 a 2014, como primeiro-ministro, e desde agosto do ano passado, como Presidente.

O AKP tem 259 lugares dos 550 do parlamento turco, o Partido Republicano do Povo (CHP) tem 132, e o Partido do Movimento Nacionalista e o Partido Democrático do Povo Pró-Curdo têm 80 lugares.

Uma fonte da televisão NTV, citando fontes do gabinete do primeiro-ministro, noticiou que este estava a manter conversações com todos os partidos da oposição no sentido de formar uma coligação até à próxima quarta-feira.

Lusa

  • Todos os distritos sob Aviso Amarelo devido ao frio

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou Portugal continental sob Aviso Amarelo na quarta e na quinta-feira. Os termómetros vão estar abaixo de zero em todo o território, à exceção dos distritos de Lisboa, Porto e Faro.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.