sicnot

Perfil

Mundo

Ataque bombista suicida num posto de controlo militar em Maiduguri na Nigéria

Um bombista suicida fez-se explodir hoje num posto de controlo militar nos subúrbios da cidade de Maiduguri, na Nigéria, no decorrer de ataques reivindicados pelos rebeldes islamitas do Boko Haram.

© Stringer . / Reuters

A explosão ocorreu por volta das 11:10 TMG (12:10 em Lisboa) no posto militar em Jimtilo, segundo testemunhos de dois civis, citados pela agência noticiosa francesa, AFP. 

"Houve algumas baixas mas ainda estamos em fase de apuramento das mesmas", disse à AFP um representante da milícia que colabora com o exército no combate aos rebeldes.

No sábado passado duas pessoas morreram em Maiduguri na sequência de um ataque falhado por dois bombistas suicidas a uma estação de autocarros. 

Antes, 15 pessoas morreram em N'Djamena, na capital do Chade, após um bombista suicida se ter explodido num mercado lotado.

Estes ataques acontecem após a Nigéria, e outros países vizinhos, terem desenvolvido conjuntamente uma força regional para combater contra os rebeldes islamitas do Boko Haram, os quais reforçaram a intensidade dos seus ataques contra civis.  

Maiduguri tem sido alvo frequente de ataques e desde a presidência de Muhammadu Bari, em 29 maio, cerca de 570 pessoas já morreram na Nigéria.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".