sicnot

Perfil

Mundo

Descoberto aglomerado de vulcões submersos ao largo de Sidney

Um aglomerado de vulcões submersos, com potencial para ajudar a desvendar os segredos do fundo do mar entre a Austrália e a Nova Zelândia, foi descoberto ao largo de Sidney, informaram hoje cientistas.

© TIM WIMBORNE / Reuters

Os quatro vulcões inativos, que se estendem por uma área de 20 por seis quilómetros, a 4.900 metros de profundidade, foram localizados a aproximadamente 250 quilómetros da costa da maior cidade australiana.

O conjunto, que se estima que tenha 50 milhões de anos, foi encontrado no mês passado durante uma expedição científica.

Estes vulcões "vão contar parte da história de como a Nova Zelândia e a Austrália se separaram há cerca de 40-80 milhões de anos e vão agora ajudar os cientistas a direcionar a futura exploração do fundo do mar para desvendar os segredos da crosta terrestre", afirmou Richard Arculus, especialista em vulcões da Universidade Nacional Australiana, citado pelas agências internacionais.

A descoberta foi feita durante uma expedição científica, realizada entre 03 e 18 de junho, liderada por Iain Suthers, da Universidade de Nova Gales do Sul, a qual envolveu 28 cientistas de várias universidades australianas, neozelandesa, norte-americanas e canadianas.

"Foi um tremendo sucesso", disse Iain Suthers, referindo-se à descoberta do aglomerado de vulcões, mas também ao resultados da investigação, a qual versava as larvas das lagostas.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.