sicnot

Perfil

Mundo

Presidente brasileira recebe homóloga argentina após cimeira da Mercosul

A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, recebeu, esta sexta-feira, na sua residência oficial, a sua homóloga argentina, Cristina Kirchner, depois de ambas terem participado na cimeira da Mercosul, que encerrou em Brasília.

Eraldo Peres

A chefe de Estado argentina deslocou-se ao Palácio da Alvorada, a residência oficial dos Presidentes brasileiros, acompanhada pelo seu ministro da Economia, Axel Kicillof, pelo vice-ministro dos Negócios Estrangeiros, Eduardo Zuain, bem como pelos secretários de Relações Económicas Internacionais e de Comunicação Pública, Carlos Bianco e Alfredo Scoccimarro, respetivamente.

Rousseff, por seu turno, tinha a seu lado o chefe da diplomacia brasileira, Mauro Vieira, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Externo, Armando Monteiro, e o titular da Secretaria da Comunicação Social da Presidência, Edinho Silva.

Após o encontro, que durou cerca de duas horas e meia, sobre cujo teor qual não foram reveladas informações, a Presidente argentina seguiu para o aeroporto sem prestar declarações.

A cimeira da Mercosul reuniu na capital brasileira, os Presidentes do Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela, bem como os das Bolívia e Guiana.

Durante a cimeira, Rousseff quebrou a formalidade com um emotivo discurso e irrompeu em lágrimas ao anunciar que se tratava provavelmente da última reunião do bloco participada pela sua "companheira e amiga".

Cristina Kirchner, a quem a Constituição impede de concorrer às eleições de outubro próximo, recebeu das mãos de Rousseff a Ordem do Cruzeiro do Sul, a mais importante condecoração concedida pelo Governo brasileiro.

"Terá sempre aqui uma amiga pronta para partilhar sonhos e esperanças", disse Rousseff.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.