sicnot

Perfil

Mundo

Rui Machete diz que reabertura de embaixadas dos EUA e de Cuba é "manifestação de paz que deve ser celebrada"

O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Rui Machete, afirmou hoje que a reabertura das embaixadas dos Estados Unidos e de Cuba em Havana e Washington é "uma manifestação de paz" que deve ser "celebrada".

SHAWN THEW

"É, do ponto de vista histórico, significativo, porque acaba com um conflito que durava há 50 anos e que já não tinha razão de ser. Todas as manifestações de paz devem ser celebradas, e esta é manifestamente um delas", comentou Rui Machete, à saída de uma reunião dos chefes de diplomacia da União Europeia, em Bruxelas.

A bandeira cubana foi hoje içada no Departamento de Estado norte-americano, num gesto histórico que marca a renovação dos laços diplomáticos entre Havana e Washington e a abertura das embaixadas nas duas capitais, após 54 anos.

As relações diplomáticas foram retomadas oficialmente às 00:00 de hoje, com a bandeira cubana a ser içada algumas horas mais tarde, num gesto que visa enterrar décadas de afastamento entre os dois países.

O restabelecimento oficial das relações diplomáticas entre os dois países, após mais de meio século de tensões herdadas da Guerra Fria, marca o fim da primeira fase desse processo iniciado a 17 de dezembro de 2014, mas o Presidente cubano, Raúl Castro, insiste em que as relações bilaterais só serão normalizadas quando o seu homólogo norte-americano, Barack Obama, utilizar os seus "poderes executivos" para pôr fim ao embargo imposto à ilha em 1962.

A reabertura de embaixadas segue-se ao anúncio histórico, em dezembro, de uma reaproximação entre estes dois países, após mais de cinco décadas de hostilidade e desconfiança.

Lusa

  • EUA e Cuba reabrem hoje embaixadas

    Mundo

    Os Estados Unidos e Cuba reabrem hoje as respetivas embaixadas em Havana e Washington, reatando relações diplomáticas sete meses após o início de um histórico processo de reaproximação, ao fim de 54 anos de costas voltadas.

  • Polícia belga deteve homem que conduzia entre a multidão em Antuérpia

    Mundo

    Foi hoje detido um homem que conduzia a alta velocidade no meio da multidão numa zona comercial de Antuérpia, na Bélgica. O suspeito já foi identificado, é francês e tinha várias armas no carro. As autoridades francesas suspeitam que o homem estava bêbedo e a tentar escapar à polícia, mas as autoridades belgas ainda não confirmaram esta versão.

    Em desenvolvimento

  • Neve corta estradas em Viseu
    2:04
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • As vantagens de comprar online
    8:03