sicnot

Perfil

Mundo

Novo coronavírus afeta turismo na Coreia do Sul

A epidemia de Síndrome Respiratória do Médio Oriente, o novo coronavírus, afetou a indústria do turismo na Coreia do Sul, onde, em junho, o número de visitantes estrangeiros desceu 41%, revelam dados estatísticos hoje publicados.

© Kim Hong-Ji / Reuters

O ano começou bem para o setor, com uma subida de 10,7% do número de visitantes nos primeiros cinco meses do ano, em comparação com o mesmo período de 2014.

No entanto, a 20 de maio foi diagnosticado o primeiro caso de contaminação do novo coronavírus, num homem que tinha regressado da Arábia Saudita -- a epidemia acabou por contaminar 186 pessoas, causando 36 mortes.

Os turistas asiáticos, que representam três em quatro visitantes estrangeiros ao país, têm vindo a cancelar em massa as viagens, gerando uma queda de 41% no número de turistas internacionais em junho, de acordo com a Organização de Turismo da Coreia.

O número de visitantes chineses caiu 45%, o de Taiwan 76% e de Hong Kong 75%.

"Devido à epidemia, os turistas estrangeiros, incluindo os chineses, decidiram não visitar o país no mês passado", comentou um porta-voz da organização.

Há cerca de duas semanas que não se regista nenhum novo caso de coronavírus na Coreia do Sul e o país decidiu lançar uma campanha para reconquistar a China e o sudeste asiático.

Os turistas que viajem em grupo deixam de ser obrigados a obter visto, e a Presidente sul-coreana, Park Won-Soon, prepara-se para iniciar uma visita à China, passando por Pequim, Xangai e Cantão, para convencer os turistas a regressar ao seu país.

Segundo a Organização Mundial do Turismo, este setor representava, em 2014, mais de 6% do Produto Interno Bruto sul-coreano, em que um terço provém dos gastos dos visitantes estrangeiros. O setor gera 1,6 milhões de postos de trabalho diretos e indiretos.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.