sicnot

Perfil

Mundo

Ataques aéreos turcos na Síria matam nove membros do Estado Islâmico

Os primeiros ataques aéreos turcos, no norte da Síria, provocaram nove mortos da organização 'jihadista' autoproclamada de Estado Islâmico (EI), comunicou hoje o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSHD).

© Bassam Khabieh / Reuters

O diretor do OSHD confirmou à agência France Presse, que "os aviões de guerra turcos realizaram três ataques aéreos, a nordeste da cidade Alepo, provocando nove mortes e 12 feridos", que foram transportados para um hospital da cidade, dirigido pelo EI.

Segundo o Observatório, a investida aérea, a oeste de Jarablus, perto da fronteira turca, teve como alvo posições exatas dos membros do EI.

O lançamento de mísseis, pelos caças F-16, foram as primeiras ações da aviação turca contra a posição dos extremistas na Síria.

O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, disse que os ataques comandados pela Turquia, que surgem como resposta ao ataque de quinta-feira do EI ao exército turco (que resultou em uma morte e dois feridos), têm cumprido o seu objetivo e vão continuar.

A Turquia realizou quinta-feira uma grande operação de desmantelamento de redes terroristas em todo o país, resultando na prisão de 251 elementos, segundo um comunicado divulgado pelo gabinete do primeiro-ministro turco.

Lusa

  • Portugal vai fechar fronteiras durante a visita do Papa

    País

    O Conselho de Ministros aprovou hoje a reposição temporária do controlo de fronteiras durante a visita do papa Francisco em maio a Fátima. A reposição do controlo de fronteiras decorrerá entre 00:00 de 10 de maio e as 00:00 de 14 de maio.

  • "Civis devem ser prioridade absoluta no Iraque", diz Guterres

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, chegou hoje ao Iraque para abordar a situação da ajuda humanitária, e pediu que a proteção dos civis seja a "prioridade absoluta" à medida que as forças iraquianas batalham para retomar Mossul.

  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42
  • E depois do Brexit?
    3:42
  • Britânicos a viver no Algarve falam em desilusão
    2:32

    Brexit

    Para muitos dos britânicos que vivem no Algarve, o Brexit é a confirmação de que o resultado surpreendente do referendo não tem retorno. Certificados de residência e até a dupla nacionalidade são questões que a partir de agora passam a estar em cima da mesa.