sicnot

Perfil

Mundo

Morreu soldado britânico atingido a tiro no Afeganistão em 2012

Um soldado britânico atingido por disparos há mais de três anos no Afeganistão morreu hoje dos ferimentos, anunciou o Ministério da Defesa (MoD) em Londres.

© Ahmad Masood / Reuters

A morte de Michael Campbell, cerca de nove meses após as forças de combate britânicas terem concluído a sua intervenção de 13 anos contra as forças rebeldes talibans, eleva para 454 o número total de baixas britânicas no conflito no Afeganistão.

O cabo Campbell, do 3.º batalhão da Infantaria de Royal Welsh, morreu no hospital Queen Elizabeth em Birmingham (centro de Inglaterra) na quinta-feira, precisou o MoD.

Campbell, 32 anos, estava em patrulha quando a sua unidade foi atacada por fogo inimigo, sendo atingido com um único tiro no estômago.

As últimas tropas britânicas mortas no Afeganistão incluem cinco homens que não resistiram à queda de um helicóptero em abril de 2014.

Os dados oficiais indicam ainda que a morte do último soldado britânico abatido por fogo inimigo ocorreu em dezembro de 2013.

Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Já há destinos esgotados para o Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.