sicnot

Perfil

Mundo

Presidente do Burundi eleito para terceiro mandato

O Presidente do Burundi, Pierre Nkurunziza, conquistou um previsto mas controverso terceiro mandato no cargo, de acordo com resultados eleitorais oficiais hoje anunciados.

LUKAS LEHMANN

Nkurunziza obteve 69,41% dos votos no escrutínio realizado na terça-feira, o que lhe garantiu uma vitória imediata à primeira volta, indicou a comissão de eleições.

A sua candidatura foi classificada pela oposição como inconstitucional e desencadeou meses de protestos e uma tentativa de golpe de Estado na nação da África Central.

Apesar de haver oito candidatos no boletim de voto das presidenciais, a maioria retirou-se da corrida, com o encerramento dos órgãos de comunicação mais independentes a impedi-los de fazer campanha.

Manifestações anti-Nkurunziza foram violentamente reprimidas, fazendo pelo menos 100 mortos desde finais de abril.

Muitos opositores também abandonaram o país, juntando-se a um êxodo de mais de 150.000 burundianos comuns que temem que o seu país possa novamente ficar submerso em violência generalizada.

Em meados de maio, generais rebeldes tentaram derrubar Nkurunziza num golpe que falhou. Lançaram, desde então, uma ofensiva rebelde no norte do país.

No mais recente de uma série de ataques, quatro pessoas ficaram feridas quando uma granada explodiu na quinta-feira à noite na residência de um dirigente do partido de Nkurunziza, o CNDD-FDD.

O Governo rejeitou as críticas sobre as eleições, que os Estados Unidos, a União Europeia e a Bélgica, antiga potência colonial, acusaram de falta de credibilidade.

Lusa

  • Milhares protestam contra Donald Trump no Dia do Presidente
    1:55

    Mundo

    Milhares de pessoas voltaram a protestar contra Donald Trump, nos Estados Unidos da América. As marchas em várias cidades aconteceram no feriado que assinala o Dia do Presidente. Os manifestantes exigiram a destituição do chefe de Estado.

  • O mistério da morte do meio irmão de Kim Jong-un
    2:32
  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Homens e mulheres nas tarefas domésticas
    2:09

    País

    Nas gerações mais novas, já há sinais de mudança na divisão e partilha de tarefas em casa. No entanto, entre os mais velhos, as tarefas de casa são quase sempre obrigação da mulher. A igualdade entre homens e mulheres é ainda miragem dentro de casa e em termos de salários.