sicnot

Perfil

Mundo

Mulher morre em escada rolante na China

Mulher morre em escada rolante na China

As imagens podem ser consideradas chocantes. Uma mulher de 30 anos morreu depois de cair para o interior de uma escada rolante num centro comercial da China.

As imagens das câmaras de vigilância mostram a mulher com o filho a chegarem ao topo da escada, quando a plataforma cede e ambos caem.

A mãe conseguiu ainda empurrar a criança que foi ajudada por uma funcionária.


Logo a seguir as pessoas que ali se encontram tentam puxar a mulher mas sem sucesso. As equipas de resgate só conseguiram recuperar o corpo de dentro da estrutura quatro horas depois.


Entretanto, o acidente que aconteceu no domingo, está a ser investigado. As primeiras informações dão conta que as regras e regulamentos de segurança não foram cumpridos.


Ao que parece o painel de metal já estava solto cinco minutos antes do acidente mas não foram adotadas quaisquer medidas de segurança, como parar a escada rolante.


A investigação vai continuar para que sejam apurados os responsáveis.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.