sicnot

Perfil

Mundo

EUA espiaram Governo, empresas e banco do Japão

Os Estados Unidos espiaram responsáveis governamentais japoneses, empresas e o governador do Banco do Japão, anunciou hoje o ''site'' WikiLeaks.

© Carlos Barria / Reuters

Uma lista de "35 alvos secretos da NSA (agência de segurança norte-americana) no Japão incluía o Governo japonês, empresas como a Mitsubishi (...) e vários responsáveis do banco central", como o governador Haruhiko Kuroda, de acordo com o WikiLeaks, que divulga documentos secretos.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, não figura entre as pessoas vigiadas pela NSA, responsável por ações de espionagem na Alemanha e França, aliados próximos dos Estados Unidos, tal como o Japão.

"Os documentos mostram o nível de vigilância sobre o Governo japonês e a recolha e análise a que eram sujeitas as informações de vários ministérios e serviços governamentais", afirma o WikiLeaks.

As informações obtidas "demonstram um conhecimento pormenorizado de decisões internas do Japão sobre questões como as importações de produtos agrícolas e os diferendos comerciais, as posições japonesas no ciclo de negociações multilaterais de Doha da Organização Mundial de Comércio, sobre energia nuclear e emissões de gases com efeito de estufa (...)", acrescenta.

As autoridades japonesas não reagiram, até ao momento, à divulgação destes documentos.

Lusa

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Costa confiante no crescimento da economia e das exportações
    1:09

    Economia

    O primeiro-ministro manifestou confiança no crescimento da economia e das exportações. À margem da cerimónia dos 25 anos da Auto Europa em Portugal, António Costa deu vários exemplos de investimento estrangeiro, feito nas últimas semanas no país, e disse que os dados económicos recentes são positivos.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47
  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.