sicnot

Perfil

Mundo

Queda de avião militar na Colômbia faz 11 mortos

Pelo menos onze membros da Força Aérea Colombiana (FAC) morreram esta sexta-feira na sequência da queda de um avião militar, informou aquela força.

(Arquivo)

(Arquivo)

© STRINGER Colombia / Reuters

A FAC disse hoje num comunicado que um "avião 235 de transporte CASA, com a matrícula FAC 1261, caiu na área de Las Palomas, no município de Agustín Codazzi, com 11 tripulantes a bordo."

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, tinha inicialmente relatado na rede social Twitter que tinham resultado doze vítimas deste incidente, mas fontes do Ministério da Defesa e da FAC confirmaram posteriormente onze mortes: um major, um tenente e nove sargentos.

O presidente colombiano já veio lamentar o sucedido que "matou os heróis das forças aéreas colombianas", acabando a sua declaração a prestar as suas condolências às famílias dos mortos.

Segundo os relatos iniciais, existe a indicação de que o avião partiu da base de Palanquero, no Centro-Oeste da capital colombiana.

A instituição explicou que tinha sido relatada uma falha de motor, tendo ainda confirmado que não há quaisquer registos de sobreviventes.

A aeronave CASA 235 é um aparelho normalmente utilizado para transportar tropas e pode levar até cinquenta pessoas.

Lusa

  • "É mais um notável tiro no pé de Passos Coelho"
    4:04

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite, a polémica em torno de Pedro Passos Coelho, depois do presidente do PSD ter pedido desculpas por ter "usado informação não confirmada", ao falar na existência de suicídios, depois desmentidos, como consequência da falta de apoio psicológico na tragédia de Pedrógão Grande. Sousa Tavares considera que Passos Coelho deu "mais um tiro no pé" e defende que o líder da oposição "está notoriamente desgastado" e "caminha para uma tragédia eleitoral autárquica".

    Miguel Sousa Tavares

  • Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • Simplex+2017 promete simplificar burocracia
    1:08

    País

    Já está online o novo Simplex+2017, que vai simplificar a vida dos cidadãos, empresas e administração pública. Pagar impostos com cartão de crédito e ter o cartão de cidadão ou a carta de condução no telemóvel são alguns exemplos do que está previsto.

  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.