sicnot

Perfil

Mundo

Jon Stewart apresenta quinta-feira o seu último 'Daily Show'

O humorista norte-americano Jon Stewart apresentará, na quinta-feira, a sua última emissão televisiva satírica do programa 'Daily Show', ao fim de mais de 16 anos a informar e fazer rir parte da América.

O conteúdo e os convidados da sua última emissão permanecem em segredo, mas o programa deverá durar uma hora, o dobro do habitual.

O conteúdo e os convidados da sua última emissão permanecem em segredo, mas o programa deverá durar uma hora, o dobro do habitual.

Evan Vucci / AP

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, não o queria ver deixar o programa, assim como os seus fãs, noticia a agência AFP.

O conteúdo e os convidados da sua última emissão permanecem em segredo, mas o programa deverá durar uma hora, o dobro do habitual.

"Que as coisas fiquem claras, eu não estou a morrer", brincou recentemente Jon Stewart, enquanto centenas de milhares de fãs se perguntam como vão suportar a novela da campanha presidencial sem a sua visão sarcástica da atualidade política.

Ao longo dos anos, Jon Stewart, nova-iorquino de 52 anos, "engraçado, cruel e resolutamente de esquerda", conseguiu um lugar único no panorama do audiovisual americano, força de influência da política, do jornalismo e do entretenimento, segundo a AFP.

O telejornal de paródia, 'Daily Show', concentra informações do dia, analisa e decifra declarações de políticos e outros responsáveis, troça das improváveis coberturas informativas televisivas, incluindo da Fox News e da CNN, e denuncia a hipocrisia e estupidez, afirma a AFP.

Além disto, um convidado por dia foi submetido às perguntas de Jon Stewart.

O programa foi assistido, em média, por 1,3 milhões de americanos por dia, e por mais outras centenas de milhares que assistiam na internet, particularmente jovens, que muitas vezes evitam a política e não assistem aos noticiários.

Ao longo dos anos, as críticas renderam-lhe muitos inimigos.

Em fevereiro passado, Jon Stewart confidenciou que precisava "de mais flexibilidade", explicando que o 'Daily Show' o impedia de ver os seus dois filhos de 11 e 9 anos.

Depois de fazer o filme 'Rosewater' em 2013, adaptado da história do jornalista Maziar Bahari, Jon Stewart não descarta voltar ao teatro de 'stand-up', com o qual começou nos anos 1980, depois de se licenciar em psicologia.

O 'Daily Show' ganhou 22 Emmy Awards e dois Peabody Awards e, em setembro, passará a ser apresentado pelo comediante sul-africano Trevor Noah.

Lusa

  • “Génio da comédia” vai deixar “The Daily Show”
    3:14

    Cultura

    Jon Stewart vai deixar o programa “The Daily Show”. O famoso comediante anunciou ontem que até ao final do ano irá sair do programa satírico. "Ele é um génio da comédia, generoso com seu tempo e talento, e será sempre parte da família Comedy Central", referiu o canal em comunicado.

  • Obama despede-se de Jon Stewart no Daily Show
    2:51

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos disse ontem que o Irão é um adversário mas não se fazem as pazes com os amigos. Uma conversa séria num tom ligeiro na última entrevista de Barack Obama ao Daily Show com Jon Stewart.

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC