sicnot

Perfil

Mundo

Tufão com ventos de 165 km/h aproxima-se da China

Quase 5.000 pessoas foram retiradas em Fujian, no sudeste da China, devido à aproximação do tufão Soudelor, o 13.º este ano, que deve atingir a província no sábado.

© China Stringer Network / Reut

O tufão, que se move a uma velocidade superior a 20 quilómetros por hora, deve alcançar a costa de Fujian na noite de sábado, após passar por Taiwan, a partir da noite de hoje, segundo previsões das autoridades locais, citadas pela agência Xinhua.

As autoridades provinciais também pediram aos barcos para regressarem ao porto esta noite, perante a previsão de tempestade.

A China tem um sistema de alerta de tempestade de quatro níveis: vermelho (o mais grave), laranja, amarelo e azul.

O Centro Meteorológico da China emitiu, na manhã de quinta-feira, o aviso amarelo devido ao tufão, o qual substituiu pelo laranja na noite do mesmo dia.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.